AO VIVO: 2ª Turma do STF vota sobre acesso de Lula a conversas de Moro

A Operação Spoofing toma conta da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) na sessão desta terça-feira, 9. A Corte vai decidir se libera — ou não — o acesso da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva ao arquivo com a íntegra das conversas trocadas pelo então juiz Sergio Moro com procuradores da força-tarefa da Lava Jato por meio do aplicativo Telegram. Alvo de ação por parte da Polícia Federal, o material foi tornado público a partir do momento em que criminosos cibernéticos violaram celulares de autoridades e entraram em contato com um blog que tinha o companheiro de um deputado federal pelo Psol como editor.

Até o momento, os ministros Ricardo Lewandowski e Nunes Marques foram os único a votarem. Relator do caso, Lewandowski foi favorável por conceder o acesso ao arquivo aos advogados do ex-presidente da República. Marques acompanhou a relatoria e, assim, colocou-se de forma favorável ao petista.

Edson Fachin foi o terceiro a proferir o seu voto. E abriu divergência. Ou seja: votou contra o pedido de Lula para ter acesso às mensagens. A Segunda Turma do STF ainda conta com Gilmar Mendes e Cármen Lúcia.

Acompanhe: