Biden sobre Xi Jinping: ‘não tem um só osso democrático’

O presidente norte-americano, Joe Biden, aproveitou uma entrevista ao canal de TV CBS para analisar a relação do chinês Xi Jinping com os valores democráticos. Em sua análise, divulgada nesta segunda-feira, 8, a maior liderança da China não preza pela democracia.

Leia mais:

“EUA anunciam volta ao Conselho de Direitos Humanos da ONU”

“Não tem um só osso democrático em seu corpo”, disse Biden ao se referir ao presidente da China e, consequentemente, secretário-geral do Partido Comunista chinês. Xi Jinping ainda foi definido como alguém inteligente, “mas muito duro”. O ocupante da Casa Branca ainda disse que essa análise não se tratava de mera crítica, mas que simbolizava apenas a realidade dos fatos.

“Vai acontecer uma competição extrema”

Biden aproveitou a entrevista para sinalizar, no entanto, o interesse de não entrar em conflito — em termos comerciais e diplomáticos — com a China. “Eu disse o tempo todo [de campanha] que não precisamos ter um conflito, mas vai acontecer uma competição extrema”, disse o integrante do Partido Democrata.

Ainda sem conversa

À frente da presidência da República dos Estados Unidos desde 20 de janeiro, quando sucedeu o republicano Donald Trump, Joe Biden revelou ainda não ter conversado com Xi Jinping desde que assumiu o poder norte-americano. Por fim, ponderou já conhecer o líder comunista.

“Eu o conheço muito bem, tivemos uns 24 ou 25 encontros privados e viajei ao lado dele por milhares de quilômetros”, afirmou Biden à CBS, conforme informa a agência de notícias Ansa. A íntegra da entrevista ainda não foi ao ar.

Leia também: “Avanço para o passado”, artigo do jornalista J. R. Guzzo publicado na edição 33 da Revista Oeste.