Justiça determina divulgação diária de lista de vacinados em Manaus

vacina
Foto: Erbs Jr./FramePhoto/Estadão Conteúdo

A Justiça Federal no Amazonas decidiu, em caráter liminar, que a prefeitura de Manaus deve informar diariamente a relação de pessoas vacinadas contra o novo coronavírus no município.  A medida considera a ação civil pública movida por entidades públicas contra a suspeita de irregularidades no processo de aplicação dos imunizantes na capital.

De acordo com o documento assinado pela juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal no Amazonas, a cidade deve informar, até as 22 horas de cada dia, uma lista com nome, CPF, local onde foi feita a imunização, função exercida e local de trabalho das pessoas que receberem o imunizante até as 19 horas. Se descumprida, a ação pode acarretar em multa diária de R$ 100 mil.

A ação foi apresentada na quinta-feira 21 pelos Ministérios Públicos Federal (MPF), do Estado do Amazonas (MP-AM), do Trabalho (MPT) e de Contas (MPC), além das Defensorias Públicas da União (DPU) e do Amazonas (DPE-AM).

Leia também: “PT judicializa problema da saúde no Amazonas”

Com informações do Estadão Conteúdo