Teoria e a História – Ludwig von Mises


Este ARTIGO foi publicado originalmente neste SITE

Teoria e História é primeiramente uma crítica a Karl Marx, seu materialismo e suas previsões sobre a inevitabilidade do socialismo. Marx atribui a criação de ferramentas e máquinas, assim como a estrutura econômica da sociedade, a indefinidas “forças matérias produtivas”; Mises rejeitou esta visão materialista; observou que ferramentas e máquinas são na verdade criadas por ações individuais baseadas em ideias não-materialistas. Este livro discute a teoria da economia — o estudo da ação humana propositada — e da história — o registro das ações individuais passadas. Todas as ações são determinadas por ideias. Pensamentos e ideias são coisas reais, escreve Mises. “Embora intangíveis e imateriais, eles são fatores responsáveis por produzir mudanças no reino das coisas tangíveis e materiais.” Ao invés de considerar o estudo das mudanças históricas um “passatempo inútil”, Mises salienta sua extrema importância prática: “A história olha para trás, para o passado, porém a lição que ela ensina diz respeito ao que está por vir.” A história abre a mente para um entendimento da natureza humana, aumenta a sabedoria e distingue o homem civilizado do bárbaro.

Sobre o autor

Ludwig von Mises foi o reconhecido líder da Escola Austríaca de pensamento econômico, um prodigioso originador na teoria econômica e um autor prolífico. Os escritos e palestras de Mises abarcavam teoria econômica, história, epistemologia, governo e filosofia política. Suas contribuições à teoria econômica incluem elucidações importantes sobre a teoria quantitativa de moeda, a teoria dos ciclos econômicos, a integração da teoria monetária à teoria econômica geral, e uma demonstração de que o socialismo necessariamente é insustentável, pois é incapaz de resolver o problema do cálculo econômico. Mises foi o primeiro estudioso a reconhecer que a economia faz parte de uma ciência maior dentro da ação humana, uma ciência que Mises chamou de “praxeologia”.

O post Teoria e a História – Ludwig von Mises apareceu primeiro em Livros Conservadores.