Festa: Primeira turma do curso de Comunicação Global com Caráter e Verdade marca presença na estreia do JHN SHOW !!!

Rio de janeiro, Brasília, Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Paraíba…
Os alunos da Turma 1 do Curso de Comunicação Global com Caráter e Verdade saíram destes destinos, dentre outros, e rodaram quilômetros e mais quilômetros para acompanhar de pertinho a estreia do JHN SHOW !
Enorme carinho por esta turma, espie os cliques:

previous arrow
next arrow

ArrowArrow

Slider

Sucesso de audiência, confira os primeiros momentos da estreia do JHN SHOW !

A estreia do JHN Channel foi comemorada com o JHN SHOW, programa de auditório que contou com convidados ilustres como Paulo Guedes, General Mourão, Meyer Nigri, e o rabino Micha Gamerman.

A plateia calorosa pode acompanhar o nascimento da primeira TV declaradamente de direita deste país, confira as fotos dos primeiros momentos do canal que irá endireitar o Brasil !

previous arrow
next arrow

Slider

PSOL recorre ao STF para legalizar ‘aborto’

O PSOL ingressou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar descriminalizar o assassinato de bebês no Brasil até a 12ª semana de gestação. Os especialistas participaram de uma audiência pública realizada nesta quarta-feira (30) na Câmara dos Deputados, com a presença de deputados e senadores.

Juristas questionaram o instrumento utilizado para conseguir esse fim, um atalho inconstitucional (o que não é novidade vindo de um partido socialista), que o STF defina que o “aborto” seria aceitável até o terceiro mês, como pede a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442. O caminho previsto na Constituição para mudar uma lei é o Congresso Nacional, e não o STF.

“Chama muito a atenção que um partido, chamado a discutir com os seus iguais, recorra ao paternalismo, ao STF, para legislar sobre um tema de tal importância jurídica”, afirmou a advogada e doutora em Filosofia do Direito Angela Vidal Gandra Martins. A iniciativa, segundo a advogada, frustraria a vontade política de milhões de brasileiros, como mostram as últimas pesquisas de opinião sobre o tema.

Informações: Gazeta do Povo

Petrobrás aumenta preço da gasolina

Em meio a uma das maiores paralisações da história do Brasil, a Petrobras voltou a aumentar o preço da gasolina, depois de cinco quedas consecutivas do valor do combustível. A partir de amanhã (31), o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro.

O governo divulgou nota nesta quarta-feira (30) afirmando que vai preservar a política de preços da Petrobrás.

“O governo do presidente Michel Temer tem compromisso com a saúde financeira da Petrobrás, empresa que foi recuperada de grave crise nos últimos dois anos pela gestão Pedro Parente. As medidas anunciadas pelo governo para garantir a previsibilidade do preço do óleo diesel, que teve seu valor reduzido ao consumidor, preservaram, como continuaremos a preservar, a política de preços da Petrobras”, diz o texto.

Caminhoneiros protestam contra valores abusivos de combustíveis.

O que chega ao bolso do consumidor

Os postos de gasolina repassam ao consumidor os custos de toda a cadeia do combustível. O preço final é composto basicamente por quatro itens: realização do produtor ou importador, custo do etanol anidro, tributos (ICMS, PIS/Pasep e Cofins e Cide) e margens de distribuição e revenda.

A cadeia começa com o preço pelo qual a gasolina chega aos distribuidores vinda das refinarias, sejam elas da Petrobras ou privadas. Além da gasolina pura comprada, as distribuidoras também compram de usinas produtoras o etanol anidro, que é misturado à gasolina que será vendida ao consumidor.

As distribuidoras, então, vendem a gasolina aos postos, que estabelecem o preço por litro que será cobrado do consumidor.

Informações: Estadão, Gaucha ZH

Tribunal devolve prerrogativas de ex-presidente ao condenado Lula

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) restabeleceu os direitos e as prerrogativas de ex-presidente ao condenado Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT).

Diante disso, mesmo condenado por corrupção e preso na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), Lula terá motoristas, seguranças e dois assessores, além de dois carros oficiais.

Vale frisar: Lula terá direito a tudo isto mesmo estando preso.

Com base nessa realidade, há 12 dias a primeira instância havia cancelado os direitos do ex-presidente, em uma decisão do juiz Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas (SP).

A decisão, no TRF-3, foi proferida pelo desembargador federal André Naberrete Neto.

Um dos trechos da decisão destaca: “A simples leitura dos dispositivos mencionados evidencia que aos ex-presidentes da República são conferidos direitos e prerrogativas [e não benesses] decorrentes do exercício do mais alto cargo da República e que não encontram nenhuma limitação legal, o que obsta o seu afastamento pelo Poder Judiciário, sob pena de violação ao princípio da separação dos Poderes”.

A decisão em primeira instância teve por base uma ação popular.

Para a Justiça, Lula preso vai precisar de toda a estrutura que o Estado oferta aos ex-presidentes.

Governo Teme divulga nota em que afirma manter política de preço da Petrobras

Em uma nota curta, o Palácio do Planalto afirmou que vai manter a política de preços da Petrobras.

A nota entra em colisão com as falas de Michel Temer (MDB), em entrevista à TV Brasil, quando o presidente da República sugeriu um possível reexame nessa política.

Independente do mérito da discussão, isso mostra o quanto o governo se encontra perdido. Não é a primeira vez que a gestão “bate-cabeça” em meio a crise da greve dos caminhoneiros.

Eis a nota do governo federal:

“O governo do presidente Michel Temer tem compromisso com a saúde financeira da Petrobras, empresa que foi recuperada de grave crise nos últimos dois anos pela gestão Pedro Parente.

As medidas anunciadas pelo governo para garantir a previsibilidade do preço do óleo diesel, que teve seu valor reduzido ao consumidor, preservaram, como continuaremos a preservar, a política de preços da Petrobras”.

Chegou o fim da greve?

Relatos de cidades do interior paulista dão conta de que caminhões estão voltando a circular em rodovias do sudoeste do Estado. Não se sabe ainda se é em todo o Brasil ou apenas em SP, ou mesmo apenas no interior do Estado. Vamos aguardar o desenrolar dos acontecimentos.