Governo brasileiro trabalhará para restaurar democracia na Venezuela

O Ministério das Relações Exteriores considerou ilegítimo o mandato do ditador venezuelano Nicolás Maduro. O comunicado foi feito por meio de uma nota divulgada nesta quinta-feira (10). Nesta quinta, Maduro “tomou posse” para um novo mandato que vai até 2025. A cerimônia de posse, que tentou imitar um rito democrático sem sucesso, contou com a presença […]

Decreto sobre posse de armas de fogo deve sair amanhã

Após a reunião com o presidente Bolsonaro no Palácio do Planalto, hoje (10/1), o governador do estado de São Paulo, João Doria, afirmou que o decreto presidencial sobre a posse de armas deve ser assinado amanhã. O governador posicionou-se favorável à posse de armas, que foi uma das promessas de campanha do presidente.  * Com […]

Renan Calheiros defende decisão de Dias Toffoli

O senador Renan Calheiros, comentou hoje (10/1) em postagem na conta dele no Twitter, em um tom elogioso, a decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter a votação secreta na eleição para presidência do Senado. O pleito no Senado acontece em 1º de fevereiro. Até o presente Renan é […]

Raquel Dodge quer continuidade da investigação sobre Augusto Nardes

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ontem (9/1) ao Supremo Tribunal Federal (STF), que continue a investigação contra o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes. Segundo a PGR, o processo corre em segredo de justiça e investiga se o ministro do TCU se valeu do cargo para obter vantagens ilícitas. […]

Cúpula do MBL se reúne para alinhar ações contra Renan Calheiros

Imagem: Reprodução | Youtube

O Movimento Brasil Livre organizou na tarde desta quinta-feira (10) uma reunião interna para alinhar sua estratégia contra o Senador alagoano Renan Calheiros (MDB). Dentre as ofensivas a serem adotadas, incluem-se o ativismo digital, judicial e até mesmo ações mais drásticas de corpo a corpo junto aos senadores.

O recente favoritismo de Calheiros preocupa o movimento, em decorrência de suas posições corporativistas, seu aparelhamento na máquina estatal e seu combate à operação Lava Jato. Temas como a Reforma da Previdência e a prisão em segunda instância poderão se transformar em pesadelo institucional nas mãos do emedebista; outros tantos, como matérias ligadas ao combate à corrupção e segurança pública também serão alvo da sanha do alagoano.

Espera-se que a reunião redunde num anúncio de medidas até o final do dia. 

Com informações, Renan Santos

Doria manifesta apoio à reforma da previdência

Em reunião com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, o governador de São Paulo, João Doria, reafirmou seu apoio hoje (10/1) à reforma da previdência. Segundo ele a bancada do PSDB votará a favor da proposta. Segundo o governador, a reforma terá “efeito transformador” no país, “permitindo que o crescimento possa saltar dos 3% hoje previstos […]

Antonin Scalia sobre o Excepcionalismo Americano

O discurso da ministra Rosa Weber, durante a diplomação do presidente-eleito Jair Bolsonaro, foi apenas mais uma demonstração do baixo nível do nosso judiciário. Maior do que a duração do discurso, apenas a vaidade e a sensação de importância. É talvez no Direito que esteja o maior exemplo de um dos maiores males do nosso país: a devoção às aparências e o desprezo pelo conteúdo e pela verdade. O bacharelismo impõe a sua força no Brasil misturando arrogância, desconexão com a realidade e palavras ao vento.

Após (mais este) show de horror, aproveitamos a oportunidade para trazer uma reflexão, feita por um dos grandes homens da história do poder judiciário: o falecido juiz da Suprema Corte Americana, Antonin Scalia. Em fala de abertura frente ao Congresso Americano, Scalia faz uma profunda reflexão sobre o que faz a América ser tão próspera: a Constituição Americana amarra o governo para que o povo seja livre (enquanto a nossa faz exatamente o contrário).

Por fim, Scalia nos relembra como a URSS possuía uma Carta de Direitos que garantia uma infinidade de direitos e como a efetiva centralização de poder fez com que esses direitos nada valessem. Hoje, vivemos uma época onde desejamos cada vez mais direitos, sem refletir nas consequências e avaliar se estamos indo para o mesmo caminho. Que as palavras de sabedoria do juiz Scalia nos guiem, enquanto não tivermos um judiciário que mereça o nosso povo.

Tradução: CPAC
Revisão: Rodrigo Carmo

APOIE OS TRADUTORES DE DIREITA
https://apoia.se/tradutoresdedireita

Webpage: http://TradutoresdeDireita.org
Facebook: http://facebook.com/tradutoresdedireita
Twitter: http://twitter.com/tradutores_br
Instagram: https://www.instagram.com/tradutoresd…
YouTube: https://youtu.be/JmUBCsuW_ik

Jair Bolsonaro alcança 24 milhões de seguidores nas redes sociais

Imagem: Sérgio Lima | Poder 360

O presidente da República Jair Bolsonaro (PSL-RJ) atingiu neste domingo (4) a marca de 24 milhões de seguidores em seus perfis no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube

Nas redes sociais, a equipe de mídia tem comemorado o fato histórico — pois Bolsonaro é o político com maior engajamento da América Latina.

Desde o início de 2015, o capitão da reserva do Exército passou a adotar a informalidade para compor fotos, textos e vídeos.

Com o auxílio do filho Carlos, Bolsonaro abraçou todas as estratégias virtuais para atrair olhares do eleitorado e propagou seu plano de governo.

Jair Bolsonaro conquistou os eleitores discutindo propostas, moralidade e segurança pública.

Maduro toma posse e diz que Bolsonaro é fascista contaminado pela direita venezuelana

Imagem: Carlos Garcia Rawlins | Reuters

O ditador venezuelano Nicolás Maduro prestou juramento para seu segundo mandato nesta quinta-feira (10), em cerimônia no Tribunal Supremo de Justiça do país. Isso porque a Assembleia Nacional, dominada pela oposição, não reconhece a legitimidade do novo período do chavista no poder, que deve durar até 2025.

Em seu discurso, Maduro afirmou que há uma tentativa internacional de “principiar um processo de desestabilização”. Ele também afirmou que o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, é “um fascista”, contaminado pela direita venezuelana, que vem impulsando “a direita de toda região”.

A maioria dos países latino-americanos, incluindo o Brasil, além de Estados Unidos e nações da União Europeia, não enviaram nenhum representante para a posse. Nesta tarde, o Paraguai rompeu relações com a Venezuela.

Estiveram presentes os líderes da Bolívia, Evo Morales; da Nicarágua, Daniel Ortega; de Cuba, Miguel Díaz-Canel; e de El Salvador, Salvador Sánchez Cerén. Pelo Brasil, a deputada federal eleita e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, compareceu à cerimônia.