A Espiral do Silêncio – Elisabeth Noelle-Neumann


Este ARTIGO foi publicado originalmente neste SITE

A Espiral do Silêncio. Opinião pública: nosso tecido social – Elisabeth Noelle-Neumann

Lançado originalmente em 1982, na Alemanha, o livro teve grande impacto no desenvolvimento das pesquisas em comunicação e psicologia social em todo o mundo, tornando-se um verdadeiro clássico.A pesquisa feita por Elisabeth Noelle-Neumann jamais deixou de ser atual e, ainda hoje, em tempos de politicamente correto, acaba descrevendo com precisão a nossa conturbada política. A autora propõe, neste livro de referência, um estudo da sua hipótese da teoria da espiral do silêncio, título que se tornou expressão corrente no estudo da mídia. Trata-se de uma abordagem fundamental para a análise da relação entre os meios de comunicação e o controle social. Há muito tempo, pesquisadores têm percebido que a verdadeira opinião pública não é exatamente aquela apontada por pesquisas de opinião. Há componentes menos racionais que atuam na aprovação ou desaprovação de comportamentos e ideias, de modo que os processos de influência da opinião pública baseados em pura racionalidade tendem a falhar.

A crença na opinião pública perfeitamente racional e informada faz parte da utopia democrática, o que deixa de lado o medo e a ameaça constante do isolamento social, presente em sociedades democráticas ou ditaduras. Os efeitos das pesquisas de opinião costumam ter mais poder de determinar a opinião do que de mostrar a verdadeira feição dela em uma sociedade. Isso foi percebido por pesquisadores como Lazarsfeld, mas somente a hipótese da teoria da espiral do silêncio propôs uma investigação mais aproximada sobre a real natureza da opinião pública. Compreendê-la significa analisar os poderes sobre os quais estamos submetidos. O medo do isolamento social, presente em algum nível em todos os indivíduos, parece ser uma força essencial para as análises da psicologia social.

 Sobre a autora

Elisabeth Noelle-Neumann (Berlim, Império Alemão, 19 de dezembro de 1916 – Allensbach, Alemanha, 25 de março de 2010) foi uma cientista política alemã e professora emérita da Universidade de Mainz, ficou conhecida por seu modelo da espiral do silêncio, teoria sobre a influência da percepção da opinião pública no comportamento individual. Estudou filosofia, história e jornalismo na Universidade Friedrich Wilhem e na Universidade de Königsberg Albertina. Em 1940, especializou-se em opinião pública, na Universidade de Missouri. Em 1947, junto de seu primeiro marido Erich Peter Neumann, fundou a organização de opinião pública Institut für Demoskopie Allensbach.

O post A Espiral do Silêncio – Elisabeth Noelle-Neumann apareceu primeiro em Livros Conservadores.